O grande segredo para ganhar com opções: 3 passos para o sucesso

Conheça os 3 passos para ser um vencedor em opções.

Anúncios

Você já imaginou a possibilidade de ganhar dinheiro com o mercado de opções sem a necessidade de gastar a maior parte do seu tempo na frente do computador buscando oportunidades ou mesmo descobrindo o lado que o mercado vai, podendo utilizar o seu tempo livre para os afazeres da sua vida enquanto o dinheiro trabalha para você sem, necessariamente, arriscar seu capital?secure-wooden-doors-4_1385-638

Parece muito bom para ser verdade, afinal a maior parte das pessoas ficam buscando pelo santo graal das estratégias e acabam perdendo a cabeça sem saber o que escolher e quando escolher, perdendo muito dinheiro nesse processo de decisão.

Então nesse artigo eu venho abordar o que acredito ser os 3 grandes segredos para ter ganhos consistentes no mercado mais lucrativo do mundo, o mercado de opções.

 

 

 

Se você ainda não conhece o mercado de opções, baixe o meu e-book e aprenda-o em 20 minutos clicando aqui.

FINANCIE AS SUAS OPERAÇÕES

Imagine se você pudesse especular nas opções sem gastar nenhum centavo! Isso mesmo! Quando ganhar, ganhar muito e quando perder não perder nada! E isso não é um sonho! É possível fazer isso e vou te dizer como:

Quando eu perdi todo o meu capital na bolsa, e resolvi recomeçar do zero! Eu tinha quebrado com o mercado de opções e resolvi estudar e me levantar com ele. Eu tinha que descobrir uma maneira de não mais perder dinheiro e encontrei uma maneira simples: Só arriscava o dinheiro que eu tinha ganhado do mercado!

Então comecei a fazer investimentos em ações e renda fixa pensando no longo prazo. Só que eu queria acelerar os ganhos na renda fixa e o que eu fiz? Todo dinheiro que ganhava na renda fixa arriscava nas opções. Dessa forma quando eu perdia, não perdia nada (Só a desvalorização do capital pela inflação) e quando ganhava, aumentava o meu retorno de 3 a 10 vezes. Ou seja, transformei a renda fixa em um investimento altamente lucrativo.

Então aí que veio a grande sacada: Não é o quanto você ganha de uma única vez que vai te fazer rico, mas sim como você acelera a multiplicação do seu capital ao longo do tempo.

E o melhor disso é que o mercado de opções não exige que você tenha que alocar muito capital para ganhar dinheiro, então os poucos ganhos da renda fixa podem sim ser alocados como risco em opções.

OPERE SISTEMATICAMENTE

Muitas pessoas quando entram no mercado acham que vão acertar a maior parte do tempo… Eu mesmo me decepcionei muito quando entrei no mercado, pois na maior parte das operações eu perdia dinheiro e ganhava na minoria das operações. Isso é uma péssima condição para o psicológico, pois você tende a estar sempre em busca de algo que dê dinheiro constantemente e acaba perdendo a consistência operacional e muitas vezes desistindo de seguir a sua jornada.

Então aqui vai outra grande dica: Opere sistematicamente!

Se você se preocupar em seguir as estratégias e focar em, quando ganhar, ganhar muito mais do que quando perde, o resultado virá! Você não precisa acertar todas as operações, mas você precisa operar constantemente para pegar todas as fases do mercado.

Logo, você não precisa acertar ou adivinhar o lado que o mercado vai, mas simplesmente estar montando as suas estratégias com consistência e uma hora o resultado virá! E se você tiver uma fonte de financiamento das operações de maneira que você não arrisque o seu estoque de capital nas operações (Como citado na primeira dica) você só tende a ganhar!

Foque em estar sempre operando!

DIVERSIFIQUE

Você já deve ter lido essa frase: “Não coloque todos os ovos em uma cesta só”.

Bom… Harry Max Markowitz foi laureado com o prêmio nobel de economia em 1990 provando que através da diversificação é possível minimizar o risco da sua carteira!

Você pode estar se perguntando agora: O que tem a ver operações em opções com diversificação de carteira?

Tem tudo a ver!!! Porque você não precisa ter necessariamente uma carteira de ativos! Você pode ter uma carteira de estratégias de tal forma que quanto mais estratégias você estiver rodando, menor será o seu risco.

Se você perde em alguma estratégia, você pode estar ganhando em outras!

E com opções isso se torna muito mais fácil para se trabalhar, pois você pode utilizar diversas estratégias em diversos ativos diferentes usando pouco capital.

Logo, não há problemas em você perder em uma operação. O importante é você ter diversas outras estratégias rodando.

CONCLUSÃO

Então posso concluir de maneira resumida esses 3 segredos para você ganhar no mercado de opções:

  1. Financie suas operações com um fluxo constante de capital.
  2. Opere sistematicamente, se mantendo sempre ativo em suas operações e estratégias.
  3. Diversifique as estratégias sem se preocupar se irá perder em alguma operação específica, pois o gerenciamento de risco dará conta de te garantir lucro no longo prazo.

Não se abale com pequenas perdas! Elas vão acontecer! O que vai fazer a diferença no seu financeiro é se você ganha no longo prazo. Essas dicas irão te garantir isso e minimizar os efeitos emocionais sobre suas operações.

Se você quer seguir adiante na sua escolha em se tornar um ganhador no mercado, pode ser que você se interesse pelo Radar das Opções, onde irá aprender na prática sobre o mercado de opções recebendo relatórios com recomendações e como estruturar cada uma delas.

Clique AQUI e conheça mais sobre o Radar das Opções.

Espero que você tenha gostado e que isso realmente possa fazer diferença na sua vida! Se tiver gostado, compartilhe com quem você mais gosta e não esqueça de deixar seu comentário abaixo!

Se quiser me acompanhar ao vivo todos os dias, recebendo as minhas recomendações em tempo real, basta fazer o seu cadastro gratuito AQUI e vir participar comigo!

Um grande abraço.

 

 

 

 

 

Trava de baixa: Ganhando com a queda do mercado sem ter o dinheiro

No post passado falei de como estruturar uma operação com opções de forma a ganhar com a alta do mercado com risco limitado e alto retorno (Se você ainda não viu, acesse o artigo passado clicando AQUI).

Nesse artigo estarei falando sobre como você poderá ganhar com a queda do mercado com uma operação estruturada com opções sem ter, necessariamente, o dinheiro disponível em conta corrente. Então vamos começar as explicações!

> Se você ainda não recebe as minhas dicas, cadastre-se na minha lista para receber cada novidade

CARACTERÍSTICAS

Aqui vão algumas características da estrutura:

  • Operação que dá seu retorno máximo com uma queda do mercado.
  • Operação com risco limitado.
  • Operação retorno limitado.
  • Pode exigir desembolso de capital (Trava de baixa com put) ou exigir apenas margem de garantia (Trava de baixa com call)

TRAVA DE BAIXA COM CALL

  1. Compra de uma CALL de strike maior
  2. Venda de uma CALL de strike menor

Ex.: Vamos supor que a Petrobrás esteja cotada a R$30 e você acredita que a ação vai cair para R$27 até dezembro e toma a decisão de montar uma trava de baixa com opções de compra da Petrobrás. Logo irá proceder com os seguintes passos:

  1. Compra de PETRL28 pelo preço de R$2,40
  2. Venda de PETRL27 pelo preço de R$3,30

Ao montar essa estrutura você recebe um valor total de R$0,90, pois você desembolsa R$2,40 na compra da PETRL28, mas recebe R$3,30 pela venda de PETRL27.

É importante denotar que esse valor não ficará disponível em conta para você gastar! A corretora, comumente, pegará esse dinheiro como margem + o valor de risco da operação. Títulos e ações podem ser utilizados como margem de garantia, logo você não precisa ter o dinheiro em conta corrente!

Se no dia do vencimento a Petrobrás estiver no valor de R$27,00, as duas opções viram pó e você ficará com todo o valor que recebeu na montagem da estrutura.

Se você ainda não recebe as minhas dicas, cadastre-se na minha lista para receber cada novidade

Se no dia do vencimento a Petrobrás estiver no valor de R$27,90, você será exercido na PETRL27 e terá a obrigação de vender a PETR4 a R$27, tendo que comprar a mercado por R$27,90 e vender a R$27 para o titular da opção, perdendo nessa operação R$0,90. Como você recebeu R$0,90 pela montagem da operação, esse será o seu ponto de breakeven (zero a zero).

Se no dia do vencimento a Petrobrás estiver no valor de R$29, você será exercido na PETRL27 e terá a obrigação de vender a PETR4 a R$27. Como você é titular da PETRL28, você tem o direito de comprar a PETR4 por R$28. Logo, você vai perder R$1 nessa transação, mas como você recebeu R$0,90 pela montagem da operação seu prejuízo é só de R$0,10.

Logo teremos:

  1. Ganho máximo = Valor recebido na montagem da operação.
  2. Perda máxima = Diferença entre os strikes – Valor recebido na montagem da operação.
  3. Breakeven da operação (Ponto de empate) = Strike menor + Valor recebido na montagem da operação.

Para receber as minhas recomendações é simples e gratuito, basta fazer seu cadastro aqui.

Observe que simulamos o resultado da linha vermelha que é referente ao dia do vencimento. Como as opções ainda tem uma “gordura” até acontecer o vencimento de fato, se você desmontar a operação (Comprando o que vendeu e vendendo o que comprou) o seu ganho será referente ao demarcado pela linha azul, que tende a se aproximar da linha vermelha conforme o dia do vencimento vai se aproximando.

CONCLUSÃO

Essa é também uma estrutura que dá para ter excelentes retornos com uma queda do mercado, trabalhando com risco limitado e possibilidade de altos retornos, sem a necessidade de ter o capital disponível em conta.

Espero que você tenha gostado desse artigo! Se gostou, deixe seus comentários abaixo e compartilhe com seus amigos para que eles possam aprender também 😉

Trava de alta: A operação que pode dar alto retorno com baixo risco

A trava de alta é uma operação estruturada com opções, o que significa que você precisa comprar e/ou vender mais de uma opção para estruturar a operação com um objetivo específico.

No caso da trava de alta, visamos um mercado em tendência de alta e almejamos atingir um determinado objetivo como alvo. Então vamos começar as nossas explanações a respeito da estrutura:

Se você ainda não conhece sobre opções, assista o curso básico e gratuito aqui.

CARACTERÍSTICAS

Aqui vão algumas características da estrutura:

  • Operação que dá seu retorno máximo em um mercado de alta.
  • Operação com risco limitado.
  • Operação com retorno limitado.
  • Pode exigir um desembolso de capital (Trava de alta com call) ou exigir apenas margem de garantia (Trava de alta com put).

Se deseja receber mais dicas como essa, cadastre-se na lista aqui.

TRAVA DE ALTA COM CALL

  1. Compra de uma call de strike menor.
  2. Venda de uma call de strike maior.

Ex.: Vamos supor que a Petrobrás esteja cotada a R$30 e você acredita que a ação continuará subindo para R$33 até dezembro e toma a decisão de montar uma trava de alta com opções de compra da Petrobrás. Logo irá proceder com os seguintes passos:

  1. Compra PETRL32 pelo preço de R$0,45.
  2. Venda de PETRL33 pelo preço de R$0,20.

Ao montar a estrutura você paga um valor total de R$0,25 pois você desembolsa R$0,45 na compra da PETRL32 e recebe R$0,20 pela PETRL33 ao efetivar a venda desta.

Se no dia do vencimento a Petrobrás estiver no valor de R$32, as duas opções viram pó e você perde todo o seu valor investido na estrutura.

Se no dia do vencimento a Petrobrás estiver no valor de R$32,25, você terá o direito de comprar o ativo por 32 reais e vende-lo a mercado por R$32,25, ganhando R$0,25 nessa transação. Porém como o valor pago pela estrutura foi de R$0,25, você não ganha nem perde dinheiro nessa situação.

Se no dia do vencimento o ativo estiver a 34 reais, você poderá comprar a ação a R$32, mas terá de vender a R$33 pois você está vendido na PETRL33 e tem a obrigação de vender esse ativo por 33 reais. Logo, você ganhará R$1,00 menos o valor pago pela montagem da estrutura (Custo da estrutura) de R$0,25. Então seu ganho máximo será de R$0,75.

Para receber as minhas recomendações é simples e gratuito, basta fazer seu cadastro aqui.

Logo teremos:

  1. Ganho máximo = Strike Maior – Strike Menor – Custo da estrutura.
  2. Perda máxima = Custo da estrutura.
  3. Breakeven da operação (Ponto de empate) = Strike menor + Custo da estrutura.

Segue abaixo o gráfico de PayOff da operação:

 

Observe que simulamos o resultado da linha vermelha que é referente ao dia do vencimento. Como as opções ainda tem uma “gordura” até acontecer o vencimento de fato, se você desmontar a operação (Comprando o que vendeu e vendendo o que comprou) o seu ganho será referente ao demarcado pela linha azul, que tende a se aproximar da linha vermelha conforme o dia do vencimento vai se aproximando.

TRAVA DE ALTA COM PUT

A trava de alta com put segue a mesma lógica da trava de alta com call com a diferença que você estará comprando uma opção mais barata (pois ela está mais fora do dinheiro nessa ocasião) e vendendo uma opção mais cara (que está dentro do dinheiro nessa ocasião), assim a operação não vai exigir um desembolso de capital, mas sim uma margem de garantia para executa-la. Veja esse vídeo que comento com maiores detalhes.

Logo teremos:

  1. Ganho máximo = Valor recebido pela montagem da estrutura.
  2. Perda máxima = Diferença dos strikes – Valor recebido pela montagem da estrutura.
  3. Breakeven = Strike menor – Valor recebido pela montagem da estrutura.

 

CONCLUSÃO

Essa é uma estrutura que dá para ter excelentes resultados em um mercado de alta, trabalhando com baixo risco, alto retorno e baixa necessidade de capital.

Espero que você tenha gostado desse artigo! Se gostou, deixe seus comentários abaixo e compartilhe com seus amigos para que eles possam aprender também 😉

 

 

Como se tornar um ganhador consistente no mercado especulativo?

Há alguns dias nós fizemos o nosso treinamento presencial para traders! Foi um evento fantástico em que conseguimos transmitir muita informação, diversas estratégias e dicas para quem quer ser um vencedor no mercado e quero mostrar aqui algo muito importante para todos.

Cadastre-se agora para receber essas dicas de mercado

O inicio

Quando eu entrei no mercado, em 2010, eu tinha a ideia de que o ponto principal para entrar no mercado eram as estratégias de como entrar e sair das operações. Aprendi diversas estratégias, indicadores e comecei a aplicar ao mercado. Para minha surpresa depois de algum tempo eu tinha ganhado bastante dinheiro! Pena que era no simulador do UOL, porque quando fui para o mercado de verdade eu só perdi!

Quero receber mais dicas de mercado

A transformação

Depois de quase 2 anos perdendo dinheiro, fui mudando de estratégia e, infelizmente, continuei perdendo dinheiro. Foi aí que eu resolvi mudar o foco! Parei de olhar para as estratégias de entrada e saída e comecei a focar no gerenciamento de risco. Adotei uma única estratégia e comecei a aplicar diversas técnicas de gerenciamento de risco para o mesmo cenário, para as mesmas entradas e operações e, para minha surpresa, vi algo incrivel: O resultado das operações mudavam completamente para cada técnica de gestão de risco utilizada em um mesmo cenário! A partir desse momento foi que a ficha caiu de que a técnica de gerenciamento de risco é que fariam a diferença no meu financeiro! E mais do que isso, as estratégias de atuação no mercado me fariam ter um resultado diferente do que estava tendo!

Imagina que você está há muito tempo fazendo um exercício de matemática e não consegue achar a solução. Várias pessoas tentam resolver esse mesmo problema e desistem de achar a resposta pensando ser impossível chegar a uma conclusão. Mas depois de muitas tentativas você consegue resolver aquele problema! A felicidade é enorme! Você tem vontade de mostrar para todas aquelas pessoas que é sim possível resolver o desafio e que elas também podem chegar onde você chegou. E você quer mostrar aos que estão tentando e que ainda não desistiram também! Já teve essa sensação? Eu trabalhei com programação durante algum tempo da minha vida e passei por isso diversas vezes na resolução de problemas.

No mercado, eu passei por essa transformação naquele exato momento e me propus a mostrar isso para o maior número de pessoas: Que os pequenos investidores poderiam ganhar dinheiro no mercado financeiro também, desde que atuassem de maneira correta e estratégica! Muitas pessoas não querem escutar, pois pode ser algo que demora, demanda esforço e o que a maioria realmente quer é ganhar dinheiro rápido e fácil! Infelizmente a maioria também quebra no mercado.

Pensando em ajudar a todos a conseguir colocar um rumo certo em suas vidas de especulador, me comprometi a dar algumas dicas de como atuar no mercado:

Cadastre-se agora para receber essas dicas de mercado

Não coloque todos os ovos em uma cesta só

Warren Buffet já dizia: Diversificar é a melhor forma de minimizar os riscos! Isso também foi provado pela teoria moderna de portfólios, que garantiu o prêmio Nobel de Economia para Harry Markowitz.

Logo, é importante você diversificar em tudo que for aplicar, inclusive na especulação!

Eu perdi muito dinheiro especulando somente um ativo em operações de day trade e isso mudou, também, quando passei a especular com diversos ativos e com outros tempos gráficos também!

Logo, comecei a dissipar o capital entre investimentos de longo, curto e médio prazo. Renda fixa e renda variável. Especulações com diversos ativos e diversos time frames.

Foque na sua estratégia de gerenciamento de risco

Para tudo há a necessidade de se trabalhar um bom gerenciamento de risco, mas quando partimos para o mercado especulativo isso fica cada vez mais evidente, pois você está com uma exposição muito maior as oscilações do mercado. Logo, quando aumentamos a frequência operacional (Diminuindo o tempo gráfico e se expondo mais as oscilações) a necessidade de um bom gerenciamento de risco aumenta.

Eu costumo dizer que quanto menor o tempo gráfico que você estiver operando, melhor terá de ser o seu gerenciamento de risco. Por isso as operações de Day Trade acabam sendo bem mais complexas do que as operações de swing ou position trade.

A seguinte pergunta irá surgir: Qual o melhor gerenciamento de risco?

A resposta para essa pergunta está com você. Você terá de descobrir a melhor maneira de gerenciar risco a depender da sua estratégia ou do seu conjunto de estratégias, mas tentarei dar um breve caminho para você seguir:

  1. Descubra qual o draw down do seu operacional. O draw down vai te dizer qual o rebaixamento máximo do seu saldo no seu pior momento de mercado. É com base nele que você vai tentar minimizar o seu risco.
  2. Escolha o modelo martingale, anti-martingale ou misto de gerenciamento de risco e teste-os.
  3. Faça um backtesting com as estratégias de gerenciamento de risco também para uma mesma estratégia operacional e tente minimizar o drawdown.
  4. Defina o que é suficiente para você parar de operar: Tomar x stops consecutivos, ter um draw down y do seu saldo ou quantidade z de operações. Você vai achar o seu ponto ótimo e entender que não operar é também operar.

Entre no mercado com um plano de trading

Quando eu entrei no mercado eu peguei uma quantidade de dinheiro e fui simplesmente especular para tentar ganhar dinheiro. Acontece que você está entrando em uma briga de tubarões, então o seu plano de trading é fundamental para você sobreviver ao mercado especulativo.

Depois de perder muito dinheiro, escolhi trabalhar com estratégia no mercado e o plano de trading foi algo fundamental para que eu me tornasse consistente. Ele nada mais é que o conjunto de estratégias de como você vai atuar no mercado.

O Plano de trading é algo bem particular também, mas vou dar alguns caminhos que você poderá seguir para montar o seu:

  1. Com que capital você irá especular?

Essa escolha é muito importante! Quando eu comecei no mercado eu simplesmente peguei um montante x de capital e fui especulando até ele desaparecer!  Depois de quebrar, eu tomei a decisão de nunca mais perder dinheiro para o mercado, então juntei dinheiro e comecei a investir (Renda fixa e variável de longo prazo). Com os ganhos desses investimentos eu aplicava ao mercado especulativo para tentar aumentar o retorno dos meus investimentos no longo prazo.

No mercado especulativo a perda é comum. Você vai perder e vai ganhar! A questão é que você precisa ganhar mais do que perder para se manter no mercado e, além disso, habilitar a capacidade do seu capital se regenerar com o efeito do tempo. Isso você só consegue fazer com investimentos e não  com especulação.

2. Escolha as suas estratégias!

Esse ponto é importante também pois muitas pessoas acabam mudando o percurso no meio do caminho.

Depois de uma fase ruim é natural que as pessoas queiram testar outras estratégias e deixar para trás aquela que não está fluindo naquele momento. O problema é que ao fazer isso, você terá de começar todo o estudo de gerenciamento de risco do zero! E, até você encontrar um bom gerenciamento de risco, você pode perder muito dinheiro.

Com o tempo você vai entender que toda estratégia é cíclica: Uma hora ela está dando certo e outra não.

Então se você for fazer alguma mudança no seu plano de trading, tire o seu time de campo e reestruture toda sua estratégia de atuação para voltar para o mercado.

3. Siga com disciplina

Se há uma coisa que as pessoas não esperam antes de entrar no mercado é o fato que ele vai impactar diretamente o seu psicológico!

Ninguém gosta de estar errado e pior que isso é errar perdendo dinheiro. Isso acaba por desestruturar emocionalmente qualquer um e faz com que as pessoas tomem atitudes de mudar por impulso. Logo, siga o seu plano com disciplina independente do que aconteça e se precisar, mais uma vez, tire o seu time de campo e reestruture as suas estratégias.

Então é isso!

Se quiser me acompanhar no mercado você pode abrir a sua conta comigo AQUI

Espero que esse artigo possa ajudar vocês a se desenvolver no mercado e, se precisarem, podem contar comigo.

Não esqueça de colocar as suas dúvidas nos comentários! Irei responder a todos.

Grande abraço.